Após terremoto de magnitude 8,8, presidente Dilma envia mensagem de solidariedade ao governo do Japão

Após terremoto de magnitude 8,8, presidente Dilma envia mensagem de solidariedade ao governo do Japão

O governo e o povo brasileiros são tomados hoje pelos mais sinceros sentimentos de pesar""

A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, enviou nesta sexta-feira (11) uma mensagem de solidariedade ao primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, após o terremoto de magnitude 8,8 seguido de tsunami que atingiu o arquipélago japonês na tarde de hoje.

"Foi com profunda consternação que recebi as notícias das perdas humanas e da destruição causadas pelo forte terremoto e subsequente tsunami", escreveu a presidente brasileira.

"O governo e o povo brasileiros são tomados hoje pelos mais sinceros sentimentos de pesar e solidariedade diante desta calamidade que atingiu o Japão, onde vivem cerca de 260 mil nacionais brasileiros", acrescenta a nota oficial da presidência.

"Estou certa de que a mobilização, competência e empenho com que a nação japonesa responderá a esse desastre natural permitirão a seu país uma rápida recuperação", afirma Dilma. "Ainda assim, o Brasil se coloca à disposição do Governo japonês com vistas a contribuir ao apoio internacional ao Japão".

Sem informações sobre vítimas

Mais cedo, o Itamaraty havia informado que não há informações de vítimas brasileiras devido ao tremor.

"A Embaixada do Brasil em Tóquio está trabalhando em regime de plantão 24 horas e solicita que pedidos de informação sejam dirigidos ao endereço eletrônico [email protected], já que há dificuldades de comunicação por telefone, especialmente em linhas de celular", anuncia a chancelaria brasileira.

O Núcleo de Atendimento a Brasileiros (NAB) disponibilizou para atendimento ao público os telefones: (61) 3411-6752, (61) 3411-6753, (61) 3411-8804 (de 8h às 20h) e (61) 3411-6456 (de 20h às 8h e finais de semana).

Consultas também poderão ainda ser dirigidas ao endereço eletrônico [email protected]















Fonte: UOL