Após vídeo íntimo, cantora vai à polícia atrás de suas fotos

Após vídeo íntimo, cantora vai à polícia atrás de suas fotos

A cantora ficou sabendo que boa parte das suas fotos pessoais estaria sendo comercializada na web

Carly Rae Jepsen chegou a negar que o vídeo de sexo vazado durante a semana na Internet fosse dela. No entanto, de acordo com o site TMZ, a jovem cantora pediu que seus representantes entrassem em contato com o Departamento de Polícia de Vancouver para denunciar um caso de invasão ao seu computador, que teria acontecido em março. Será que foi deste arquivo que saiu a suposta filmagem vazada?

Segundo as informações do TMZ, a cantora ficou sabendo que boa parte das suas fotos pessoais estaria sendo comercializada na web. Estas imagens, porém, nunca foram divulgadas abertamente. A polícia está investigando o caso e já parece ter encontrado um suspeito de ter hackeado o computador da popstar. Apesar disso, ainda não há nenhuma confirmação oficial.

Esta busca por imagens pessoais da cantora não teria nenhuma ligação com o caso das fotos e vídeos eróticos divulgados, já que Carly Rae Jepsen continua negando que ela apareça em uma filmagem deste tipo; pelo menos os que vazaram até agora. No entanto, ao que tudo indica, esta busca pelo hacker que invadiu o seu computador no início do ano tem relação com outras fotos, desta vez verdadeiras, que teriam a estrela em atos particulares.

De qualquer forma, a cantora já está envolvida no meio de uma enorme polêmica. Resta saber qual é a grande verdade por trás disso tudo.

Fonte: Gawker