Na França, ataque a escola judaica deixa quatro pessoas mortas

Na França, ataque a escola judaica deixa quatro pessoas mortas

Crime pode ter relação com assassinato de dois soldados.

Quatro pessoas, um adulto e três crianças, foram assassinadas a tiros na manhã desta segunda-feira (19) em uma escola judaica da cidade de Toulouse, no sul da França, anunciou o procurador Michel Valet. Segundo a agência Associated Press, três dos mortos eram da mesma família - um pai de 30 anos e seus dois filhos de três e seis anos.

O primeiro balanço informava três mortos e duas pessoas gravemente feridas pelos tiros de um homem que circulava em uma moto e utilizou duas armas. O presidente Nicolas Sarkozy cancelou a agenda de compromissos e estaria a caminho de Toulouse.

Uma das armas era do mesmo calibre da utilizada utilizada no assassinato de soldados na semana passada. Investigadores antiterrorismo já estão investigando a relação entre os incidentes. Segundo o procurador, "existem elementos que justificam que se imagine seriamente a questão de um vínculo entre esta matança e os recentes assassinatos de militares".

Fonte: G1