Ataque a hotel na Somália deixa 31 mortos

Dois homens entraram no hotel atirando e explodiram granadas.

O Ministério da Informação da Somália disse que pelo menos 31 pessoas, incluindo seis membros do Parlamento, foram mortos por um grupo de homens armados que atacou um hotel da capital, Mogadíscio, nesta terça-feira (24).

"Entre os mortos no ataque estão seis dos parlamentares que estavam no hotel. Também morreram na operação cinco integrantes da segurança do governo. No final, eles (os homens armados) se explodiram", afirmou um comunicado do ministério.

Pelo menos dois insurgentes invadiram o Huna Hotel com granadas de mão e atirando indiscriminadamente, segundo um porta-voz da missão de paz da União Africana, que está protegendo o governo da Somália, apoiado pelo Ocidente.

Fonte: g1, www.g1.com.br