Ataque ao shopping no Quênia foi um "terrível ultraje", disse Barack Obama

O ataque deixou pelo menos 62 mortos, segundo a Cruz Vermelha e o governo queniano.

O presidente americano Barack Obama disse nesta segunda-feira (23) que os EUA estão cooperando com o Quênia após o ataque ao shopping de Nairóbi ocorrido no sábado, o qual chamou de um "terrível ultraje".

O ataque deixou pelo menos 62 mortos, segundo a Cruz Vermelha e o governo queniano.

Militantes islamitas do movimento Al-Shabab continuavam mantendo um número não determinado de reféns no local.

As declarações de Obama foram feitas durante encontro com o presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, em Nova York.

Os dois líderes, que estão na cidade para a Assembleia Geral da ONU, expressaram condolências para o presidente queniano, Uhuru Kenyatta.

"Sinto a dor do presidente Kenyatta", disse Jonathan. "O terror, em qualquer lugar, é o terror contra todos nós."

Fonte: G1