Atentado suicida mata 20 civis e fere 50 no sul do Afesganistão

Ataque perto do aeroporto de Kandahar deixou mais de 50 feridos.

Duas explosões provocadas por homens-bomba do lado de fora do aeroporto de Kandahar, no sul do Afeganistão, mataram 20 civis e deixaram mais de 50 feridos nesta quarta-feira (6), informaram autoridades. Os ataques são os mais violentos no país nas últimas semanas.

Quatro governadores de províncias do sul estavam reunidos na base da Otan dentro do aeroporto quando o ataque aconteceu, disse à Reuters o general Abdul Hameed, comandante do Exército para a região sul.


Atentado suicida mata 20 civis e fere 50 no sul do Afesganistão

Um homem-bomba numa moto detonou os explosivos em um estacionamento perto da base que estava cheio de motoristas de caminhão e outros civis esperando para ingressar no local.

Poucos minutos depois, quando pessoas se reuniam no local da explosão, outro suicida detonou seus explosivos enquanto caminhava no meio da multidão, disse Ahmad Faisal, porta-voz do governo local.

Um porta-voz das forças lideradas pela Otan disse que a coalizão estava ciente do ataque, mas direcionou todas as perguntas às autoridades civis.

A violência tem aumentado no Afeganistão desde que o Taliban começou uma ofensiva em abril, prometendo atacar o governo afegão e as forças de segurança, além das 130 mil tropas estrangeiras no país.

Kandahar, local de origem do Talibã, tem sido cenário de alguns dos piores ataques.

A violência desperta preocupações sobre a capacidade das forças afegãs de combater a insurgência do Taliban quando as forças ocidentais deixarem definitivamente o país, no final de 2014.

As forças estrangeiras, que já passaram parte da segurança às forças afegãs, ainda controlam a segurança na província de Kandahar, mas a capital Kandahar vai passar para as mãos afegãs durante o atual processo de transição.

Fonte: G1