Atirador que matou 13 na Sérvia morre em hospital; esposa está internada

Mulher do veterano de guerra, baleada por ele na cabeça e pescoço, está se recuperando de cirurgia.

Um veterano de guerra sérvio que matou 13 familiares e vizinhos em um vilarejo da Sérvia nesta semana, antes de virar a arma para si mesmo, morreu no hospital nesta quinta-feira.

O Hospital de Emergência de Belgrado disse que Ljubisa Bogdanovic, de 60 anos, morreu na tarde desta quinta-feira e que sua mulher, baleada por ele na cabeça e pescoço, estava em estado estável e se recuperando da cirurgia.

Fonte: OGlobo