Atiradores matam 16 pessoas em ataque a igreja cristã na Nigéria

Atiradores matam 16 pessoas em ataque a igreja cristã na Nigéria

Um grupo de três homens não identificados invadiu a Igreja Deeper Life, em Okene, e abriu fogo contra eles

Atiradores mataram 16 pessoas quando abriram fogo contra devotos em uma igreja no Estado central de Kogi, na Nigéria, durante uma missa noturna na segunda-feira, afirmou a polícia na terça-feira.

"Um grupo de três homens não identificados invadiu a Igreja Deeper Life, em Okene, e abriu fogo contra eles, matando 16", disse o porta-voz da polícia do Estado de Kogi, Simeon Ille, à Reuters, por telefone.

Uma testemunha, que pediu para não ser identificada por medo de se tornar um alvo, disse que cerca de 10 atiradores bloquearam as saídas da igreja antes de atirarem nas pessoas que ficaram presas.

Ille disse que as forças de segurança no mês passado impediram um suspeito homem-bomba de detonar explosivos em outra igreja em Okene, uma cidade cerca de 225 quilômetros ao sul da capital Abuja. O suspeito homem-bomba fugiu, ele disse.

A seita islâmica Boko Haram atacou diversas igrejas este ano na Nigéria mas, o ataque de segunda-feira foi mais ao sul do que os usuais alvos do grupo.

Os ataques do grupo estão se alastrando cada vez mais pela Nigéria, o maior produtor de petróleo da África. Cidades pelo norte e na capital Abuja foram atingidas nos últimos meses por ataques suicidas, nunca vistos antes no ano passado no país.

A seita matou centenas este ano em sua insurgência contra o governo do presidente Jonathan Goodluck. O grupo quer ter um Estado islâmico dentro da Nigéria, um país com mais de 160 milhões de habitantes, separados quase igualmente entre cristãos e muçulmanos.

Fonte: UOL