Ato contra corrupção reúne milhares em Israel

Ato contra corrupção reúne milhares em Israel

Mais de cinco mil pessoas pediram dois estados independentes na região

Milhares de israelenses, judeus e árabes, protestaram neste sábado à noite (5), em Tel Aviv, para denunciar a ocupação dos territórios palestinos, na data que marca o 43º aniversário do início da Guerra dos Seis Dias. O conflito culminou com a tomada por Israel da Cisjordânia, Jerusalém Oriental, as colinas de Golã, na Síria, e a Península do Siani, no Egito (região já devolvida).

Mais de cinco mil manifestantes fizeram uma passeata pelo centro de Tel Aviv, onde protestaram contra o que chamam de "um governo que afunda Israel em vez de navegar para a paz", em alusão ao ataque sangrento da marinha israelense contra uma frota humanitária que tentava romper o bloqueio de Gaza. Nove civis foram mortos no ataque.

Os oradores pediram o fim do bloqueio a Gaza e a autorização para que barcos internacionais com ajuda humanitária cheguem a esse território palestino.

Os manifestantes agitavam bandeiras israelenses e palestinas e gritavam: "Israel, Palestina, dois Estados para dois povos" ou "Amamos nosso país, mas nos envergonhamos de seu governo".

A manifestação, autorizada pela polícia, foi convocada por diversos movimentos antiocupação, sendo que o principal deles é o Paz Agora.

Fonte: g1, www.g1.com.br