Atriz abre processo após boatos de relação com presidente da França

Julie Gayet abriu demanda por "atentado à intimidade da vida privada".


Atriz abre processo após boatos de relação com presidente da França

A atriz francesa Julie Gayet abriu recentemente um processo em Paris para identificar os responsáveis por um rumor divulgado na internet que atribui a ela uma relação com o presidente François Hollande, anunciou nesta quinta-feira (28) seu advogado, Vincent Tolédano.

Esta demanda contra pessoa desconhecida por "atentado à intimidade da vida privada" aponta para um blog que teria divulgado o rumor e foi apresentada no dia 18 de março, segundo uma fonte judicial.

"A atriz Julie Gayet, de quem hoje sou o advogado, me encarregou de apresentar uma demanda judicial pelo rumor divulgado na internet que lhe atribui, sem nenhum fundamento, uma relação sentimental com o presidente da República", informou o advogado em um comunicado.

"Ela quer que seja respeitada sua vida privada e familiar, nada justifica seu questionamento", acrescentou o advogado.

Julie Gayet, de 40 anos, trabalhou em meia centena de filmes e foi premiada com o prêmio Romy Schneider em 1997 por sua interpretação em "Select Hotel".

Em 2012, Julie Gayet participou de um vídeo de campanha de François Hollande, no qual chamava o então candidato à presidência de homem humilde, formidável e que ouve verdadeiramente. A atriz se manifestou recentemente a favor do projeto de lei apresentado pelo governo para legalizar o casamento homossexual.

Fonte: G1