Atriz do clássico erótico "Emmanuelle" é enterrada

Sylvia, cujo papel foi símbolo da revolução sexual dos anos 1970, morreu na semana passada aos 60 anos

A atriz holandesa Sylvia Kristel, que estrelou o clássico do cinema erótico "Emmanuelle" (1974), foi sepultada após uma cerimônia simples e comovente em sua cidade natal, Utrecht, nesta sexta-feira (26), informou sua agente.

Sylvia, cujo papel foi símbolo da revolução sexual dos anos 1970, morreu na semana passada aos 60 anos devido a um câncer. "A cerimônia foi realizada nesta tarde", indicou a agente Nina Ziegler à AFP. O francês Just Jaeckin, diretor de "Emmanuelle", também participou da homenagem íntima em uma funerária.

Clipes de seus filmes foram transmitidos após o enterro do corpo de Kristel no cemitério de Utrecht, disse Ziegler. Kristel chegou à fama aos 22 anos, com seu primeiro filme, justamente "Emmanuelle", que contava as aventuras eróticas de uma jovem na Ásia.



Fonte: G1