Avião com corpo de Mandela chega à aldeia onde será enterrado; cerimônia terá sacrifício de boi

Avião com corpo de Mandela chega à aldeia onde será enterrado; cerimônia terá sacrifício de boi

Corpo de Nelson Mandela será enterrado neste domingo (15).

O avião com o corpo de Nelson Mandela chegou neste sábado, pouco depois das 13h30 locais (9h30 de Brasília), ao aeroporto de Mthatha, cidade situada a 30 quilômetros de Qunu, a aldeia na qual cresceu e onde será enterrado amanhã.

Uma procissão acompanhará o trajeto entre Mthatha (província do Cabo Oriental) e Qunu, onde o clã Thembu do ex-presidente oficiará uma cerimônia tradicional.

Dezenas de pessoas esperavam o corpo do ex-líder sul-africano com danças tradicionais na pequena aldeia de Qunu, no sudeste da África do Sul.

"Vim de perto da cidade de East London, a três horas, porque quero render meu último tributo a Nelson Mandela", disse à Agência Efe a jovem Lungelo Magengelwa, vestida com uma camiseta amarela com o rosto do ex-presidente.

"É um momento muito emocionante, estou prestes a chorar", acrescentou.

Junto a ela, mulheres vestidas com trajes tradicionais xhosa - a etnia majoritária na região e à qual pertencia também Mandela - dançam e entoam canções em seu idioma em lembrança de seu morador mais ilustre.

Enquanto isso, os organizadores do funeral em Qunu distribuem bandeiras entre as pessoas que ocupam as margens da estrada N2, pela qual chegará o cortejo fúnebre.

Dois cordões policiais em ambos lados mantêm moradores e jornalistas fora da estrada, onde passam, com frequência e a grande velocidade, veículos policiais ou de protocolo com as sirenes ligadas.

O avião com o corpo de Nelson Mandela decolou hoje às 11h58 locais (7h58 de Brasília) da base militar de Waterkloof, perto de Pretória, rumo ao aeroporto de Mthatha, capital da região na qual se encontra Qunu.

O funeral de Estado pelo antigo estadista vai acontecer amanhã nesta aldeia, na qual cresceu e na qual pediu ser enterrado.

Os rituais tradicionais da etnia xhosa, incluindo o sacrifício de um boi, protagonizarão a despedida final, revelaram os líderes de seu clã.

Antes da decolagem, parentes e amigos de Nelson Mandela e autoridades sul-africanas homeagearam o ex-presidente na base de Waterkloof em Pretória. A cerimônia foi organizada pelo Congresso Nacional Africano, CNA.

O caixão de Mandela chegou de carro, envolvido nas cores do partido que foi liderado pelo ex-presidente, em uma cerimônia na base da Força Aérea.

Mandla Mandela, neto de Nelson Mandela, fez um discurso em memória do avô e disse que "o futuro deste país [África do Sul] é brilhante".

"Fui testemunha de seu Exército, de sua gente, do povo. E posso garantir ao CNA que o futuro deste país parece brilhante", falou.

"Ainda há um longo caminho para percorrer e nos encontraremos de novo no dia da liberdade", assegurou o neto.



Fonte: I