Avião perdeu parte da cauda antes de cair nos EUA; 10 morrem

Avião perdeu parte da cauda antes de cair nos EUA; 10 morrem

Os relatórios de testemunhas e as provas fotográficas indicam que uma peça da fuselagem se separou do avião durante a manobra

O avião que caiu durante uma corrida aérea nos Estados Unidos, matando dez pessoas e ferindo outras 70, perdeu parte da cauda segundos antes do acidente, revelaram investigadores nesta sexta-feira (23). O P-51 Mustang, um caça da Segunda Guerra Mundial, caiu sobre os espectadores da corrida aérea de Reno, Nevada, na sexta-feira passada, em um terrível acidente gravado por diversas pessoas e postado na Internet.

O aparelho - pilotado pelo veterano Jimmy Leeward - foi modificado para corridas aéreas, e tinha vários dispositivos "experimentais", revela um vídeo gravado pelo piloto momentos antes do acidente. O relatório do Conselho Nacional de Segurança para os Transportes (NTSB) concluiu que o avião "experimental P-51D de Nº79111 atingiu o solo após a perda de controle durante manobras" sobre o aeroporto de Reno.

"O avião havia completado várias voltas e quando realizava uma curva pronunciada à esquerda sobre a torre de chegada guinou repentinamente para a esquerda e depois para a direita, afastando-se da pista e mergulhando". "Os relatórios de testemunhas e as provas fotográficas indicam que uma peça da fuselagem se separou do avião durante a manobra. Depois (...) o avião mergulhou e bateu no solo", concluiu o NTSB.





Fonte: uol.com