Bangladesh encerra buscas em prédio que desabou matando 1.127 pessoas

Autoridades encerraram oficialmente as buscas por restos mortais

Quase três semanas após o desabamento de um prédio industrial em Bangladesh, as buscas por mortos foram encerradas oficialmente nesta segunda-feira (13). O número total de mortes foi estipulado em 1.127.


Bangladesh encerra  buscas em prédio que  desabou matando 1.127

O Exército transferiu a gerência do local para funcionários civis depois de passar um dia todo sem encontrar restos mortais desde o dia do colapso, 24 de abril. Surpreendentemente, uma sobrevivente foi retirada na sexta-feira enquanto os últimos corpos estavam sendo recuperados.

Tratores e outros veículos foram removidos do local da tragédia, que será cercado com varas de bambu. Bandeiras vermelhas foram erigidas ao redor para impedir a entrada.

"As equipes de resgate chegaram ao subsolo, onde as chances de encontrar mais corpos são muito baixas", disse o capitão Tazul Islam.

Cerca de 2.500 pessoas foram resgatadas do Rana Plaza, em Savar, um subúrbio comercial da capital Daca após o desabamento de 24 de abril. Muitos dos resgatados sofreram ferimentos graves.

O colapso do Plaza Rana chamou a atenção mundial sobre as condições perigosas impostas sobre a poderosa indústria do vestuário de Bangladesh.

Fonte: G1