Barbaridade: bebê de sete meses é estuprada na cidade El Alto, na Bolívia

O crime revoltou a população e reavivou a antiga polêmica para endurecer a punição para estupradores

Uma menina de 7 meses foi estuprada na cidade boliviana de El Alto, próxima da capital, o que revoltou a população e reavivou a antiga polêmica para endurecer a punição para estupradores. "Obtivemos o boletim do Hospital da Criança e ficou evidente que houve estupro, o delito está provado", declarou Virginia Aguilar, da Defensoria da Infância da prefeitura de El Alto.

Cinco homens são indiciados pelo estupro coletivo de fotógrafa na Índia

Quatro indianos são condenados à morte por estupro de estudante

Veredicto de julgamento por estupro em Nova Délhi será anunciado na sexta.

O crime ocorreu na segunda-feira (16/9) e o agressor, identificado como Ronald C.F., de 25 anos, foi detido preventivamente. "A bebê precisou ser submetida a uma intervenção cirúrgica", informou o hospital, referindo-se a uma operação de reconstrução anal e vaginal. A população agora exige do governo um debate sobre o endurecimento das medidas contra os autores desse tipo de crime. No caso de Ronald C.F., ele deve pegar 25 anos de prisão sem direito a indulto.

Fonte: Correio Braziliense