Barco com 4 americanos é sequestrado no Mar Arábico

Barco com 4 americanos é sequestrado no Mar Arábico

Embarcação pertence a casal que viaja pelo mundo desde 2004.

Um veleiro de 58 pés com quatro norte-americanos a bordo foi sequestrado por piratas somalis no Mar Arábico, de acordo com informações da embaixada dos Estados Unidos em Nairóbi, no Quênia, da missão da Somália na ONU e de um organização não-governamental de monitoramento de atividade marítima.

Nesta sexta-feira (18), Omar Jamal, primeiro-secretário da missão somali, identificou o veleiro como sendo o S/V Quest, embarcação em que um casal americano viaja pelo mundo desde 2004.

De acordo com um site sobre a viagem, o S/V Quest tem servido de casa para Jean e Scott Adam, que praticam divulgação religiosa e distribuem exemplares da Bíblia em países distantes.

A organização Ecoterra International, que monitora o tráfego marítimo, afirmou que o S/V Quest foi capturado na tarde desta sexta-feira (18) a 240 milhas náuticas (445 km) da costa de Omã, enquanto navegava da Índia para a cidade de Salalah.

"O S/V Quest foi atacado por piratas no Oceano Índico e os quatro americanos a bordo estão sendo mantidos como reféns", informou a organização. Segundo a Reuters, não está claro se Jean e Scott Adam estão de fato entre os quatro sequestrados.

Gangues de piratas que assolam as rotas marítimas através do Golfo de Áden e no Oceano Índico normalmente miram navios mercantes de grande porte, como os petroleiros, em busca de resgates, mas o roubo de estrangeiros também pode render quantias elevadas.

Agências do governo dos EUA estão monitorando a situação.

Andrew Mwangura, especialista marítimo da África Oriental, afirmou que o barco já estava a caminho da Somália, na região conhecida como Chifre da África.

A Somália está mergulhada em violência e repleta de armas desde a queda de um ditador em 1991, e a falta de um governo eficaz permitiu que a pirataria emergisse no país.

Fonte: g1, www.g1.com.br