Bebê de 4 meses morre após ser severamente estuprado e abusado fisicamente no Novo México

Bebê de 4 meses morre após ser severamente estuprado e abusado fisicamente no Novo México

O crime deixou a população local horrorizada.

Angelique Montano, de 4 meses de idade, morreu em Albuquerque, depois de sofrer abuso sexual e físico nas mãos do namorado de sua mãe, disseram os policiais de Novo México.

O homem, Elias Fernandez, de 19 anos, é acusado de causar dano cerebral grave e trauma sexual para a criança, enquanto estava sob o uso de maconha sintética.

Os médicos já haviam supostamente atendido a criança, no Children Youth and Families Department da cidade, três vezes antes do incidente mortal por conta de lesões anteriores. O último abuso aconteceu quando ela deixou a criança com o namorado enquanto ia à lavanderia.


Bebê de apenas 4 meses morre após ser severamente estuprado e abusado fisicamente

Fernandez admitiu bater na criança porque estava "estressado" com a sua falta de emprego e por que o bebê estava chorando.

Em uma investigação no ano passado, descobriu-se que o Novo México ocupa o segundo lugar no país por mortes per capita causadas por abuso infantil.

Ele foi preso e aguardará julgamento.

Fonte: Jornal Ciência