Bebê é encontrado com vida em necrotério nas Filipinas

Mãe achava que o filho de duas semanas estava morto

Um bebê das Filipinas foi enviado ao necrotério na última sexta-feira e, horas depois de chegar ao local, funcionários descobriram que ele estava vivo.


As informações são da ABS-CBN News.

Aldrin, que tem duas semanas de vida e é da cidade de General Santos, sofria de más condições respiratórias e foi dado como morto pela mãe, que se preparava para o funeral, após passar semanas no hospital com o filho. 

vEm uma entrevista à emissora, um médico do Hospital General Santos Doctors, onde ele ficou internado, revelou que Aldrin chegou ao hospital no final do mês de julho sem batimentos cardíacos e respiração, mas um procedimento de ressurreição permitiu que ele retornasse à vida e sobrevivesse respirando por aparelhos

. Segundo ele, era improvável que o bebê resistisse sem os tubos e, por isso, após 13 dias internado e uma conta milionária, a mãe desistiu do tratamento e decidiu deixar o filho morrer. A

pesar da atitude da mulher, o médico disse que não chegou a declarar a criança como morta.

Aldrin foi encaminhado ao necrotério na última sexta-feira. Entretanto, mais de três horas depois de chegar ao local, os funcionários da funerária perceberam que o bebê ainda respirava.

A mãe de Aldrin ficou feliz e agradeceu aos funcionários. O bebê foi imediatamente encaminhado ao hospital onde se encontra em condições estáveis de saúde.

Fonte: Terra