Novos bombardeios na Síria deixam 13 civis mortos em Homs

Ao mesmo tempo, aumenta a pressão diplomática internacional pela saída imediata de Assad

Pelo menos 13 civis morreram nesta quinta-feira (9) em novos bombardeios das forças do regime do presidente Bashar al Assad contra Homs, no centro da Síria, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"Doze civis morreram nesta manhã nos bombardeios contra o bairro de Baba Amr. Outro civil faleceu no bombardeio do bairro de Khaldiyeh", afirma um comunicado do OSDH, que tem sede na Grã-Bretanha.


Bombardeio mata mais ao menos 13 civis em Homs, diz oposição síria

"No entanto, o balanço poder aumentar porque duas famílias estavam em suas casas quando as residências foram atingidas", declarou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

Mais de 400 civis morreram desde sexta-feira passada em Homs, epicentro da revolta contra o regime de Assad.

Ao mesmo tempo, aumenta a pressão diplomática internacional pela saída imediata de Assad.

A repressão aos oposicionistas já matou pelo menos 5.400 pessoas desde março, avalia a ONU.

Fonte: G1