Brasileira que matou seus filhos em Portugal teve condenação de 24 anos

O Tribunal de Primeira Instância de Alenquer, a 47 Km da capital, considerou Keli culpada por dois homicídios, danos e maus-tratos.

A brasileira Keli Oliveira, de 32 anos, foi condenada nesta segunda-feira (12) a 24 anos de prisão pelo assassinato de seus dois filhos, um de 11 meses e outro com dois anos e meio, ao incendiar a casa em que vivia com as crianças nos arredores de Lisboa em dezembro de 2012.

O Tribunal de Primeira Instância de Alenquer, a 47 Km da capital, considerou Keli culpada por dois homicídios, danos e maus-tratos.

A condenada, que confessou ter matado as crianças para se vingar do pai delas, está em prisão preventiva desde 24 de dezembro, depois de quatro dias de fuga.

A brasileira afirmou sofrer uma depressão profunda e alegou que o pai das crianças, um português, queria se separar. Keli temia que ele ficasse com a custódia dos menores, pois estava ilegal no país e desempregada.

Durante o julgamento, Keli parecia estar arrependida pelo crime, mas demonstrou não ter remorso pela dor que diz ter causado ao pai das crianças e a sua ex-sogra.

? Eu não ficaria com meus filhos, mas ele [pai das vítimas] também não ia ficar.

O homicídio das duas crianças comoveu a opinião pública portuguesa, especialmente pela frieza de Keli, que chegou a avisar à sogra por telefone sobre o incêndio que matou seus filhos.



Fonte: r7