Brasileiro julgado nos EUA pede que júri assista seu vídeo íntimo

Brasileiro julgado nos EUA pede que júri assista seu vídeo íntimo

Intenção é tentar provar que relacionamento com mulher norte-americana não tem intuito de lhe garantir residência no país.

Um brasileiro que está sendo julgado por fraude financeira e imigratória em Fort Lauderdale, na Flórida, EUA, fez um pedido curioso ao júri presente em seu caso. Ele pediu que eles assistissem a um vídeo caseiro de um ato íntimo dele e de sua esposa.

Rogério Scotton, que é empresário e piloto de corrida, afirmou que sua intenção é provar que ele e suas esposa vivem como marido e mulher, e não estão juntos apenas para que ele ganhasse status de residente no país.

Leia mais em: http://www.techmestre.com/brasileiro-julgado-nos-eua-pede-que-juri-assista-a-video-caseiro-de-relacao-intima-dele-com-sua-esposa.html#ixzz2rPYQJcY4

O homem de 43 anos é acusado de comandar um esquema multimilionário que envolve grandes empresas, como FedEx, DHL e UPS. Ele teria criado contas falsas que operavam de forma fraudulenta com empresas como Walmart, Apple e Target, entre 2007 e 2012.

Rogério dispensou seis defensores públicos que tentaram cuidar de seu caso. Agora ele defende a si próprio no tribunal. Seu pai lançou um apelo na web a fim de arrecadar fundos para defender o filho na justiça norte-americana.

Fonte: Tech Mestre