Usando roupas verde-amarelas, brasileiros também participam de manifestação em Londres

Usando roupas verde-amarelas, brasileiros também participam de manifestação em Londres

Um dos aspectos que mais chamaram a atenção durante todo o protesto foi o caráter pacífico

Cerca de 1,5 mil pessoas participaram, no final da tarde e noite desta terça-feira, em Londres, do movimento em apoio às manifestações iniciadas na semana passada em São Paulo. Vestidos nas cores verde-amarelo ou carregando bandeiras e cartazes, brasileiros e também estrangeiros simpáticos à causa lotaram a praça ao lado do Parlamento inglês.

Um dos aspectos que mais chamaram a atenção durante todo o protesto foi o caráter pacífico e que mais parecia uma grande demonstração de amor à pátria, sem esquecer, claro, todas as dezenas de manifestações feitas durante todo o evento. A polícia inglesa esteve presente, garantindo a organização do mesmo e agindo de forma que agradou os brasileiros. Um deles recebeu um flor das mãos de um guarda inglês.

O evento começou às 17h, horário local, já com muitas pessoas reunidas na praça, e se estendeu até mais de 22h, com passeata pelas ruas do centro de Londres. A todo momento,curiosos paravam e perguntavam o que estava acontecendo. Além disso, nos ônibus, pessoas passavam com bandeiras brasileiras penduradas na janela. "Algo muito bonito de se ver. Estou emocionado e sei que estou dando minha pequena parcela de contribuição para o fortalecimento da democracia", disse Aldo Portela, de Minas Gerais.

Para a jornalista Mariana Mandrote, que é paulista e está estudando em Londres, a união dos brasileiros em todo o país e também dos que estão longe demonstra o que todos já puderam perceber, que é o fato de não mais haver tolerância para tantos antigos problemas do país. "Para mim, não é uma questão desse ou daquele presidente e sim um fato histórico. Os problemas do Brasil vêm se arrastando e perpetuando. Estou aqui no protesto apoiando, mas receio muito que toda essa mobilização no meu país e mundo afora não tenham resultado prático algum", comentou a brasileira, de 28 anos.

Assim como vem ocorrendo em todo o Brasil, os protestos eram de razões variadas. Faixas pediam mais investimentos em Educação, outras pediam para o dinheiro da Copa ir para o Sistema Único de Saúde (SUS), entre muitos outros temas. Os manifestantes também cantavam palavras de ordem, o hino nacional e frases como: o professor vale mais que o Neymar!


Brasileiros também fazem manifestação em Londres

Brasileiros também fazem manifestação em Londres

Brasileiros também fazem manifestação em Londres

Brasileiros também fazem manifestação em Londres

Brasileiros também fazem manifestação em Londres

Fonte: Simone Rodrigues