Briga sobre ovos no café da manhã faz 5 vítimas

Ele teria discutido com mulher por causa de ovos frios no café da manha.

Um homem matou cinco pessoas, entre elas sua mulher e sua enteada, e depois se suicidou neste sábado (11) no estado americano do Kentucky, segundo a polícia local.

Stanley Neace, de 47 anos, teria entrado em pelo menos duas casas-trailers em uma zona rural próximo à cidade de Jackson disparando uma escopeta, segundo as autoridades.

Depois de matar cinco, ele -que ainda estava de pijamas- acabou se suicidando por volta das 11h30 locais (12h30 de Brasília), segundo o xerife Ray Clemons. Seu corpo foi achado pela polícia em frente à porta de entrada de sua casa.

Testemunhas disseram que o tiroteio começou depois que Neace discutiu com a mulher, Sandra, de 54 anos, porque não gostou da maneira como ela preparou os ovos no café da manha. Os ovos não teriam sido servidos quentes o suficiente.

Vizinhos também disseram que ele vinha tendo um comportamento cada vez mais violento nas últimas semanas.

O proprietário de sua casa, Ray Rastegar, até iniciou uma ação de despejo. "Ele era imprevisível", disse Rastegar. "Ele perdia a cabeça por pequenas coisas".

Rastegar também disse que Neace recebia cheques do governo por conta de invalidez, mas ele não soube precisar qual seria.

Também morreram no ataque a filha de Sandra, Sandra R. Strong, de 28 anos, e os vizinhos Dennis Turner, de 31, Teresa Fugate, de 30, e Tammy Kilborn, de 40.

Teresa foi morta em frente a sua filha de sete anos -que, segundo testemunhas, implorou por sua vida e acabou sendo poupada pelo atirador.

Brendon Miller, procurador do condado, disse que tinha tido contato com Neace em casos que não envolviam violência. Ele havia comparecido a seu escritório há um mês para resolver uma pendência relativa a uma infração de trânsito.

Fonte: g1, www.g1.com.br