Brincadeira de jovens em metrô mexicano termina em tragédia; aparentavam estado de embriaguez

Brincadeira de jovens em metrô mexicano termina em tragédia; aparentavam estado de embriaguez

Daniel Derek, de 25 anos, foi jogado acidentalmente nos trilhos da estação de Copilco

Uma brincadeira custou a vida de um estudante da Faculdade de Direito da Universidade Autônoma do México, Daniel Derek, de 25 anos. Ele estava com mais quatro amigos na estação Copilco, na Cidade do México, capital do país.

Segundo a imprensa mexicana, até agora, só se conhece a identidade de três: Ariel Gonzales Villegas, de 22 anos, Ricardo López Marín, de 23, Juan Nájera, de 25.

Os cinco estavam em aparente estado de embriaguez e brincavam de empurra-empurra enquanto esperavam o metrô.

Para dar um susto em Daniel, seus amigos fingiram que iam jogá-lo nos trilhos do metrô quando este se aproximava. No entanto, não mediram a força e o estudante realmente acabou caindo em frente ao vagão, morrendo instantaneamente.

O condutor tentou parar o trem imediatamente para preservar o corpo do jovem, mas já não era possível salvar a sua vida. Daniel Derek morreu na hora, devido ao choque da queda e às descargas elétricas que recebeu dos trilhos.

Em vídeo divulgado pela Procuradoria Geral de Justiça do Distrito Federal mexicana, câmeras de vigilância do metrô registraram o momento em que Arith Villegas joga seu amigo acidentalmente na via. As imagens também mostram o grupo chegando na estação e brincando de empurra-empurra instantes antes de Daniel cair.

Brincadeira de empurra-empurra em metrô mexicano termina em morte por thevideos no Videolog.tv.

Fonte: r7