Britânico condenado a 5 anos por estupro pode ter pego HIV de vítima

Apesar de já conhecer a mulher, ele não sabia que ela tinha Aids.

O britânico Richard Thomas, condenado a cinco anos e quatro meses de prisão na última segunda-feira (2) por estupro, pode ter sido contaminado pela vítima soropositiva, diz o jornal Daily News. O resultado dos exames deve sair na sexta-feira.

Segundo policiais, ao ser informado sobre essa possibilidade, durante o interrogatório, Thomas entrou em choque e pediu para ser levado para fazer os testes.

O homem confessou ter invadido a casa da vítima na noite do dia 20 de julho e cometido o estupro. Apesar de não se lembrar do fato por estar sob efeito de álcool, cocaína e ecstasy, ele diz que "a mulher não iria mentir, ela diz a verdade. Se ela diz que eu fiz isso, eu fiz isso", de acordo com a advogada Virginia Hayton.

Estuprador e vítima já se conheciam, entretanto, Thomas afirma não saber que ela é portadora do vírus HIV. "Mas isso tudo é culpa dele. Se ele não tivesse cometido o abuso, não teria se colocado nessa posição", completa a advogada.

Fonte: G1