Caçadores postam fotos com animais e geram muita revolta

Caçadores postam fotos com animais e geram muita revolta

Milhares de pessoas se engajaram na campanha online pelos direitos dos animais

Um debate sobre a ética de se caçar animais nas Montanhas Rochosas se tornou uma verdadeira confusão pela Internet. O FBI está investigando denúncias de que um grupo de ativistas chamado Footloose estaria sendo ameaçado, por e-mail, após fazer acusações contra caçadores por meio do Facebook. A organização publicou, em sua página na rede social, diversas imagens de homens que se gabam de matar lobos no local.

Milhares de pessoas se engajaram na campanha online pelos direitos dos animais, o que causou muita irritação nos caçadores. O Footloose chegou a receber um e-mail em tom ameaçador poucos dias depois de iniciar seus protestos pelo Facebook, com o assunto ?Vocês são os próximos? e palavras intimidativas, como ?Verei vocês morrerem devagar, sangrando e gritando por piedade, enquanto eu estarei tirando fotos?.

O sargento Travis Welsh, do Departamento de Polícia da região, admitiu que há investigações em andamento sobre o caso, que vem gerando bastante polêmica nas redes sociais. Há até sites, como o Trapperman.com, dedicados somente à prática deste tipo de caça, que é considerada ilegal em boa parte dos Estados Unidos. Segundo estudos divulgados por defensores dos animais, somente no último ano, a população de lobos em Idaho caiu 40%, enquanto em Montana só há um terço dos animais que havia em 2011.

Os números preocupam os defensores dos animais, que destacam o papel fundamental dos lobos no ambiente das montanhas. Além disso, ressaltam que a caça vem se tornando cada vez mais frequente nessa região.

Fonte: Tech Tudo