Casal é preso na França por manter filha menor em porta-malas de carro

Quando foi encontrada, ela estava desidratada e nua.

Um casal foi preso na cidade de Brive-la-Gaillarde, na França, acusado de manter a filha deles no porta-malas de um carro. A menina tem entre 1 e 2 anos, segundo a imprensa local, e tudo indica que ela vivia ali dentro desde o nascimento. Quando foi encontrada, ela estava desidratada e nua.


Casal é preso na França por manter filha pequena em porta-malas de carro desde o nascimento

A criança foi descoberta quando a mãe, de 45 anos, levou o veículo a uma oficina para reparos. Os mecânicos estranharam o forte cheiro de excrementos que vinha do porta-malas e, ao abrir, encontraram a garotinha em uma cesta. Eles chamaram a polícia em seguida. A menina tinha febre e foi levada ao hospital.

- Eu senti que ela precisava de ar, que ela estava sufocando - contou um dos mecânicos à emissora de televisão francesa TF1.

Segundo o promotor do caso, Jean-Pierre Laffitte, um teste de DNA comprovou que ela é mesmo filha do casal. A criança não apresenta peso ou tamanho compatíveis com a idade. Ela também tem um retardo psicológico e psicomotor. A menina não teria sofrido agressões físicas, de acordo com a investigação.

- O bebê foi escondido de todos, aparentemente desde o nascimento. É uma situação que desafia a crença - disse o promotor.

O motivo pelo qual a menina era mantida no porta-malas do carro ainda não foi esclarecido, de acordo com o site Sudouest. o casal, de Portugal, tinha outros três filhos, de 4, 9 e 10 anos, que estão sob os cuidados do Estado. Quando foi preso, na sexta-feira, o pai estava bastante bêbado e disse não saber da existência da menina. Os dois podem ser condenados a até 10 anos de prisão.

Os vizinhos do casal disseram que a mulher passava muito tempo no carro.

- Eu me lembro de ter visto a mulher muitas vezes na semana no carro, estacionado a uns 200 metros da casa - contou uma vizinha. - Mas não conseguíamos ver o que ela estava fazendo no porta-malas.

Fonte: Extra