Chef confessa ter cozinhado corpo de sua mulher durante dias

"Eu simplesmente acabei cozinhando-o por quatro dias", disse David Viens.

Um chef de Los Angeles confessou ter cozinhado o cadáver da própria mulher. "Eu simplesmente acabei cozinhando-o por quatro dias", disse David Viens, cozinheiro de um restaurante local, em um depoimento exibido na terça-feira ao júri composto para julgar o caso do desaparecimento de Dawn Viens. As informações são do Los Angeles Times.


Chef confessa ter cozinhado corpo de sua mulher durante dias

A mulher de Viens desapareceu em outubro de 2009 e seu corpo nunca foi encontrado. Quando descobriu que era suspeito de sua morte, ele pulou de um penhasco, ferindo-se gravemente. Em 2011, Viens confessou ter tapado a boca e atado mãos e pés da cônjuge na noite de 18 de outubro de 2009; na manhã seguinte, ela estava morta. Para cozinhar o cadáver, ele usou pesos para mantê-lo submerso em uma panela de grandes proporções. "Por alguma razão, eu simplesmente fiquei violento", disse aos investigadores.

Fonte: Terra