Chefe de programa antiestupro é preso por abuso sexual nos EUA

Chefe de programa antiestupro é preso por abuso sexual nos EUA

Oficial da Força Aérea atacou uma mulher em estacionamento na Virgínia

Um oficial da Força Aérea norte-americana encarregado da prevenção de crimes sexuais foi preso por atacar uma mulher, informou a polícia nesta segunda-feira (06), no mais recente golpe em uma corporação que luta para conter o problema de estupros generalizados em suas fileiras.

O chefe do Programa de Prevenção e Resposta às Agressões Sexuais da Força Aérea dos Estados Unidos, tenente-coronel Jeff Krusinski, de 41 anos, estava bêbado quando "se aproximou de uma mulher em um estacionamento e agarrou seus peitos e sua bunda", revelou a polícia de Arlington, Virgínia, nos arredores da capital americana.

"A vítima lutou contra o suspeito, quando ele tentou tocá-la de novo e avisou a polícia", acrescentou o boletim policial.

Krusinski foi preso sob a acusação de agressão sexual, continuou a polícia.

Oficiais da Força Aérea confirmaram à agência de notícias France Presse que Krusinski era chefe desse programa e que foi afastado do cargo.

A Air Force tem sido duramente criticada devido aos vários casos de agressão sexual nas suas fileiras.

Em um escândalo recente, em seu principal centro de treinamento em Lackland, perto de San Antonio, no estado do Texas, mais de dez instrutores de treinamento foram acusados de má conduta com recrutas, incluindo agressões sexuais.

Os congressistas norte-americanos criticaram a Força Aérea e as demais forças de Defesa pelos casos de abuso sexual, afirmando que o Pentágono fracassou em sua tentativa de enfrentar o problema.

Fonte: G1