Chile sofre pior nevasca de 30 anos e decreta estado de alerta

Chile sofre pior nevasca de 30 anos e decreta estado de alerta

São 800 quilômetros de estradas que sumiram sob o gelo. Quem arrisca sair de casa, tem que enfrentar a neve até o joelho

As maiores nevascas das últimas três décadas levam o governo a declarar zona de catástrofe no sul do Chile. 20 mil pessoas estão em regiões isoladas.

São 800 quilômetros de estradas que sumiram sob o gelo. Quem arrisca sair de casa, tem que enfrentar a neve até o joelho.

O gelo que cobre os telhados pesa e pode provocar desabamentos. Com canos congelados, começa a faltar água. O chefe de polícia local diz que falta comida e todos dependem do abastecimento por helicópteros.

Há pelo menos 20 mil pessoas ilhadas na região. Nesta quarta-feira (20), o governo federal decretou "zona de catástrofe" nas oito comunidades de Araucania e mobilizou as forças armadas para ajudar os moradores.

A mesma região, que já vinha sofrendo com a atividade do vulcão Puyehue, cujas cinzas provocaram transtornos desde o começo de junho também nos país vizinhos e até na Oceania.

Os moradores enfrentam, agora, o que eles chamam de terremoto branco, o inverno mais rigoroso dos últimos 30 anos. A temperatura anda na casa dos 15 graus negativos, congelando qualquer esperança de recuperar o movimento de turistas já tão prejudicado pelo vulcão.

Fonte: g1.com.br