China oferece R$ 100 mil para "cheiradores de flatulências"

Especialistas dizem que podem fazer diagnósticos por meio dos gases.

Que tal um emprego que pague R$ 100 mil por ano na China? Para ocupar essa posição de trabalho, é preciso não só passar diversos testes e treinamentos como ter em mente que a rotina de trabalho se resume em avaliar flatulências de diversos pacientes.

No país, uma das carreiras mais cotadas na área de saúde é voltada para pessoas que são designadas para tentar obter diagnósticos e até apontar doenças a partir dos gases emitidos pelos pacientes, de acordo com o site ?Rocket News?.

Os profissionais precisam avaliar os traços presentes no cheiro para ajudar os médicos em certos tratamentos. Um odor extremamente mal cheiroso pode indicar infecções bacterianas no intestino, enquanto que um cheiro voltado para carne pode apontar até mesmo para presença de sangramentos ou tumores no sistema digestivo, dizem os especialistas. Presença de cheiros como alho indica também que o alimento está sendo consumido em excesso, o que pode causar inflamações no intestino delgado ou grosso.

Todavia, os ?cheiradores profissionais? precisam ter em mente que a indústria médica só aceita candidatos entre 18 e 45 anos, abstêmios de álcool ou cigarro e sem qualquer problema nasal. Após testes de identificação de cheiro e um longo treinamento, a pessoa poderá ser contratada para avaliar as flatulências de terceiros.



Fonte: G1