Chinês que vendeu rim para comprar iPad está muito doente

Ele recebeu apenas cerca de US$ 3 mil pelo órgão e agora não está bem

Cinco pessoas foram presas por terem participado de uma cirurgia para retirar o rim de um garoto, que vendeu o órgão para comprar um iPad. Entre os presos, está o cirurgião que retirou o órgão.

O garoto vendeu o órgão em abril do ano passado por cerca de apenas US$ 3 mil, dos US$ 35 mil recebidos pelo grupo.

O adolescente, identificado apenas pelo sobrenome Wang, é de Anhui, uma das províncias mais pobres da China, lugar que os habitantes frequentemente abandonam para encontrar trabalho e uma vida melhor em outro lugar.

Ele comprou um iPhone e iPad, e quando perguntado por sua mãe como havia conseguido o dinheiro, admitiu ter vendido um rim.



Fonte: r7