Chinês se mata após sua namorada insistir em entrar em mais uma loja

"Ela começou a gritar e a acusar o namorado de estar sendo mesquinho no Natal, e a discussão ficou acalorada", afirmou testemunha

Um homem de 38 anos se matou após a namorada insistir em entrar em mais uma loja de sapatos em shopping de Xuzhou (China). Uma câmera de segurança mostrou Tao Hsiao passeando com a namorada por cinco horas. Quando o chinês, cansado de tanto perambular pelo shopping, pediu que eles fossem para casa, a namorada afirmou que queria passar em mais uma loja. De acordo com testemunhas, Tao reclamou estar carregando mais bolsas do que poderia. Mas a amada insistiu em visitar o estabelecimento, onde havia uma promoção.



Tao argumentou, segundo uma testemunha, que a namorada já tinha muitos sapatos e que não teria tempo e ocasiões para usar todos eles durante a vida.

"Ela começou a gritar e a acusar o namorado de estar sendo mesquinho no Natal, e a discussão ficou acalorada", afirmou a testemunha citada em reportagem do "Daily Mail".

A discussão só acabou quando Tao largou as compras da namorada e pulou do sétimo andar, caindo sobre decorações natalinas. Morreu na hora.

Fonte: Page Not Fond