Ciclone tropical gera tempestade de categoria 5 com ventos de 340 km/h e deixa vários mortos em ilha

Os serviços de emergência do país preparam uma grande operação de busca e resgate das vítimas desta tempestade de categoria 5 (nível máximo).

O ciclone tropical "Pam" atingiu neste sábado (14) Vanuatu, deixando mortos e muitos danos à ilha do Pacífico Sul. O ciclone é um dos mais potentes registrados na região. Um balanço provisório da ONU, ainda não confirmado, cita a possibilidade de 44 mortes, de acordo com a agência EFE.

Os serviços de emergência do país preparam uma grande operação de busca e resgate das vítimas desta tempestade de categoria 5 (nível máximo).

Na sexta-feira (13), autoridades do país haviam ordenado o fechamento de escolas, mercados e escritórios governamentais e pedido às pessoas evitassem se aproximar dos rios.

De acordo com várias organizações humanitárias, a capital Port-Vila teria sofrido uma 'destruição completa' com a passagem do ciclone, que varreu o arquipélago com ventos de até 340 km/h, segundo a emissora australiana 'ABC'.

O porta-voz do Escritório Nacional de Gestão de Desastres, Mishaen Lulu Garae, disse a Rádio 'New Zealand' que o ciclone destruiu casas, prédios públicos e várias infraestruturas, inclusive parte do principal hospital, em Port-Vila, onde vivem 40 mil pessoas.

O Escritório para a Coordenação de Assuntos Humanitários da ONU disse que ainda não há dados oficiais de mortos ou feridos.

Após afetar a região norte e central de Vanuatu, Pam estava a cerca de 175 quilômetros ao sul de Tanna, no sul do arquipélago, à meia-noite, e se deslocava cerca de 32 km /h para o sul, segundo o serviço meteorológico de Vanuatu.



Fonte: G1