Homem é acusado de 528 crimes e tem vários mandados de caputra

O homem está dado como desaparecido e tem vários mandados de captura internacionais.

Chen Xiaomin, um tradutor chinês naturalizado português, está acusado por 528 crimes. Porquê? Porque trouxe para Portugal mais de 1000 ilegais, segundo o Jornal de Notícias (JN).

O cidadão chinês geriu durante 10 anos uma das maiores redes de imigração ilegal no mundo. Agora, está dado como desaparecido e tem vários mandados de captura internacionais.

Ao que o JN apurou, Chen Xiaomin, que já teve várias identidades, geriu mais de 156 empresas e falsificou 154 contratos laborais - está agora a ser procurado internacionalmente depois de ter estado à frente de uma rede de imigração ilegal com a qual lucrou mais de sete milhões de euros.

O jornal refere que Chen Xiaomin, que chegou a cobrar cerca de seis mil euros por cada legalização, promovia a regularização fraudulenta de imigrantes, garantia a sua permanência em Portugal e adaptava a contabilidade das empresas reais e fictícias para o efeito.

Fonte: fofoki.com