Pela segunda vez, cientistas tentarão clonar uma cabra de montanha extinta

Grupo espanhol tentará clonar um bucardo, tipo de cabra da montanha.


Cientistas tentarão clonar pela 2ª vez animal extinto

Um grupo de cientistas na Espanha conseguiu financiamento para verificar se um tipo de cabra de montanha extinta pode ser clonada a partir de células preservadas. O último bucardo (Capra pyrenaica pyrenaica) morreu em 2000, mas células do animal foram congeladas em nitrogênio líquido.

Em 2003, um filhote da espécie chegou a ser gerado a partir de clonagem, mas morreu minutos após o nascimento. Esse foi o primeiro caso de "desextinção", no qual uma espécie ou subespécie perdida foi ressuscitada.

Agora, os cientistas querem testar a viabilidade de usar novamente as células preservadas da última fêmea de bucardo após 14 anos para mais uma tentativa de desextinção. Segundo os pesquisadores do Centro para Pesquisas e Tecnologia Alimentar de Aragón, em Zaragoza, o primeiro passo agora é verificar se as células da última fêmea, batizada de Celia, ainda estão vivas após 14 anos de congelamento.

A partir daí, eles poderiam tentar clonar embriões e implantá-los em cabras de outras subespécies. "Nesse processo, um ou mais clones fêmeas de bucardo podem ser obtidos. Se esse for o caso, a viabilidade de um plano para a recuperação do bucardo poderá ser discutido", disse à BBC Alberto Fernandez-Arias, um dos coordenadores da pesquisa.

Fonte: Terra