Começa cessar-fogo entre Israel e Hamas na Faixa de Gaza

Trégua havia sido anunciada pouco antes pelo Egito e pelos EUA.

O cessar-fogo entre Israel e o movimento islâmico Hamas começou a vigorar às 21h locais (17h do horário brasileiro de verão) desta quarta-feira (21) na Faixa de Gaza, após oito dias de enfrentamentos que mataram mais de 159 pessoas na região da Faixa de Gaza.

Minutos depois, aviões israelenses controlados remotamente sobrevoavam as ruas desertas do território palestino, constataram jornalistas da France Presse.

O jornal israelense "Haaretz" afirmou que foguetes foram lançados de Gaza em direção ao sul do território israelense após o início da trégua, mas não havia confirmação oficial.

Egito e EUA

O anúncio da trégua foi feito pelo chanceler egípcio Mohammed Kamel Amr , ao lado da secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, com quem teve reunião de mais de duas horas.

"O Egito pede a todos para que monitorem a implementação do que foi acordado sob a supervisão do Egito e garantam o compromisso de todas as partes para o que foi acordado", disse Amr.

Hillary, que estava na região ajudando o Egito a costurar a trégua, disse que o cessar-fogo chega em um momento "crucial" para os rivais no Oriente Médio.

"Este é um momento crítico para a região", disse. "O novo governo do Egito está assumindo a responsabilidade e a liderança que, por muito tempo, tem feito este país a pedra angular da paz e da estabilidade regionais."

A principal diplomata americana agradeceu a Morsi pelos esforços de mediação e prometeu trabalhar com os parceiros americanos na região para "consolidar este progresso, melhorar as condições para o povo de Gaza e garantir segurança para o povo de Israel".

Fonte: G1