Condenado o soldado que matou civil em frente às câmeras

Condenado o soldado que matou civil em frente às câmeras

Paquistão condena à morte soldado que matou civil

Policiais escoltam homem identificado Shahid Zafar (segundo à esquerda) na saída de tribunal de Karachi. Zafar foi condenado à morte nesta sexta-feira pela morte de um civil desarmado em junho. A condenação ao paramilitar é uma rara punição a membros das forças de segurança paquistanesas.

A corte antiterrorismo também sentenciou cinco outros guardas e um civil à prisão perpétua. Salik Shah, irmão de Afsar Shah, consola sua mãe, que chora pela morte do filho, em Karachi. A execução de Afsar Shah, que foi filmada, gerou protestos de ativistas de direitos humanos .

Acorrentados, seis paramilitares e um civil acusados de executar um jovem em Karachi são levados para um tribunal, no Paquistão. No dia 8 de junho, Afsar Shah, 18 anos, que estava desarmado, foi executado em plena rua da capital paquistanesa. A ação foi filmada, e o vídeo provocou protestos de ativistas de direitos humanos.

O jovem Afsar Shah foi abordado sob suspeita de ser criminoso ou militante. Vídeo exibido no dia 8 de junho mostrou membros das forças de segurança paquistanesas usando força excessiva contra Afsar Shah, 18 anos, que estava desarmado, em Karachi. Considerado um suspeito de ser criminoso ou militante, o jovem foi executado pelos paramilitares em plena rua da capital paquistanesa. Os agentes de segurança foram presos e estão sendo julgados. Familiares e ativistas dos direitos humanos protestaram contra a violência nesta quinta-feira, durante o enterro de Afsar Shah.

Fonte: Terra, www.terra.com.br