Convivência com pessoas de raças diferentes diminui racismo

Pesquisadores estudaram o cérebro de estudantes chineses

Cientistas australianos acabam de provar que quanto mais tempo passamos com pessoas de raças diferentes da nossa, menor fica o nosso preconceito.

Pesquisas anteriores já mostravam que, quando vemos o outro sofrendo, nos compadecemos mais se ele for parecido conosco. De acordo com estudo publicado na Cortex, a convivência com a diversidade pode "acostumar" as respostas do cérebro, neutralizando este viés.


Image title

Pesquisadores da University of Queensland estudaram o cérebro de trinta estudantes chineses, recém-chegados à cidade australiana de Brisbane. Os estudantes haviam registrado a frequência de contato anterior com pessoas de outras nacionalidades desde a chegada ao país.

Com exames de imagem, eles mediram o nível de atividade em regiões do cérebro associadas à empatia. Aqueles que tinham tido mais contato anterior com outras raças desde a chegada apresentaram níveis superiores de empatia.

Fonte: Com informações do Brasil Post