Copiloto tentou ligar pelo celular antes do seu voo sumir no Índico

Copiloto tentou ligar pelo celular antes do seu voo sumir no Índico

Avião desapareceu há mais de um mês com 239 pessoas a bordo

O copiloto do voo MH370 da Malaysia Airlines, desaparecido há mais de um mês com 239 pessoas a bordo, tentou fazer uma ligação com seu celular um pouco antes de o avião desaparecer dos radares, afirmou neste sábado (12) um jornal malaio, citando investigadores anônimos.

A ligação foi cortada "porque, talvez, o avião se afastou subitamente da antena de telecomunicações", afirmou o New Straits Times (NST), sem indicar para quem o copiloto ligou.

Segundo outra fonte citada pelo jornal, o celular de Fariq Abdul Hamid foi "reconectado" à rede, mas não se sabe com certeza se fez uma ligação do Boeing 777 desaparecido em 8 de março.

O avião, que cobria a rota entre Kuala Lumpur e Pequim, teria voado a baixa altitude perto da ilha de Penang, na costa oeste da Malásia, permitindo assim que uma rede captasse o sinal do celular do copiloto.

"Mas uma reconexão não significa necessariamente que ele fez uma ligação", afirmou uma das fontes.

O ministro dos Transportes da Malásia declarou à AFP que examinará estas informações e realizará comentários posteriores.

Segundo as autoridades malaias, o avião caiu no Oceano Índico, mas até agora não foram encontrados os destroços.

Fonte: G1