Corpo de idoso é encontrado no congelador

Análise aponta que o cadáver estava há quase dois anos no local

A polícia encontrou o corpo de Jean-François Poinard, de 71 anos, no congelador de seu apartamento na cidade de Lyon, na França, informou o jornal parisiense Le Figaro nesta quarta-feira (11).

A morte deve ter ocorrido há cerca de dois anos, de acordo a polícia, e a companheira do homem, Guylène Collober, uma mulher de 51 anos e sem profissão, foi presa preventivamente. A polícia criminal da cidade francesa abriu uma investigação por morte não intencional causada por agressões voluntárias.

Guylène disse à polícia que matou o homem dando murros nele em novembro de 2008. Ela disse que então deixou o corpo no banheiro da casa por vários dias e comprou um congelador que podia ser trancado à chave para colocar o corpo nele.

A polícia descobriu o corpo porque a mulher confessou a sua filha que matou o companheiro, que avisou a polícia em meio a uma bebedeira. Os agentes chegaram à casa e ela tentou impedir os homens de abrir o refrigerador, de acordo com o relato do Figaro.

- Não avancem, não avancem. Vocês irão encontrar uma coisa.

De fato, os policiais encontraram. O corpo ainda estava vestido e coberto em plástico.

Os vizinhos disseram que o casal vivia ali há quatro ou cinco anos e que sempre brigavam muito. No entanto, quando o homem desapareceu, pensaram que se tratava apenas de um divórcio.

Fonte: R7, www.r7.com