Corpos de 103 vítimas de tragédia no oceano são reconhecidos

Corpos de 103 vítimas de tragédia no oceano são reconhecidos

A associação acrescentou em comunicado que não vai fazer nenhum comentário adicional

Foram identificados 103 dos 104 corpos encontrados este ano das vítimas do avião da Air France que caiu no Atlântico em junho de 2009, quando levava 228 pessoas do Rio de Janeiro a Paris, informou nesta segunda-feira a associação "Entraide et Solidarité".

O presidente do grupo dedicado à memória das vítimas, Robert Soulas, afirmou à agência de notícias Efe que as famílias das vítimas serão informadas sobre a identificação nas próximas horas, e a entrega dos corpos está prevista para as próximas duas semanas.

A associação acrescentou em comunicado que não vai fazer nenhum comentário adicional, e pediu a imprensa "que nestes momentos de lembrança e recolhimento preservem a intimidade das famílias, dolorosamente intimidadas por estes longos meses de espera".

No total, foram recuperados 104 corpos este ano, que se somam aos 50 encontrados no mar dias após a tragédia. O Tribunal de Grande Instância de Paris vai decidir sobre a realização de uma nova etapa de buscas para localizar o restante dos corpos.

A última fase desta operação terminou no início de junho, e de acordo com o Ministério de Transportes francês custou 6 milhões de euros (R$ 14,5 milhões).

As autoridades francesas decidiram retirar os corpos dos ocupantes do avião após comprovar que eram identificáveis a partir de testes de DNA, apesar de estarem há quase dois anos em uma profundidade de cerca de 4 mil metros.

O Escritório de Investigações e Análises (BEA), encarregado das pesquisas, divulgará no primeiro trimestre de 2012 seu relatório definitivo sobre as causas do acidente, mas as pesquisas indicam que um problema técnico impediu os pilotos de ter acesso a informações que evitariam a queda do avião.

Fonte: UOL