Crânio de chinês é reconstruído com ajuda de impressora 3D

Homem ficou ferido depois de ter caído do terceiro andar de prédio. No acidente, Hu perdeu parte de crânio e ficou com a cabeça desfigurada.

Uma impressora 3D foi utilizada para ajudar na reconstituição do crânio de um chinês identificado apenas pelo sobrenome de Hu, de 46 anos. Ele se recupera bem.

Hu, que ficou ferido depois que caiu do terceiro andar de um prédio, passou pela cirurgia em um hospital de Xi'an, na província de Shaanxi, na China.

O hospital usou uma tela de titânio criada com uma impressora 3D para ajudar na reconstrução da cabeça do paciente e dar uma aparência normal ao homem.

No acidente, Hu perdeu parte de seu crânio e ficou com a cabeça desfigurada.






Clique aqui e cura a página do meionorte.com no Facebook

Fonte: G1