Criança morre após overdose de heroína dada por seus pais

Criança morre após overdose de heroína dada por seus pais

Menino de 1 ano e 11 meses foi encontrado morto em cama

Uma criança de 1 ano e 11 meses morreu após sofrer uma overdose de metadona, um opioide com efeito semelhante ao da heroína, em Bristol, no Reino Unido. A droga foi dada à criança para sedá-la. O menino morava com os pais, viciados em crack e heroína.

Jayden Lee Green foi encontrado morto na cama de seus pais em um flat em St. Georges.

A morte ocorreu em agosto do ano passado, mas um relatório divulgado nesta semana mostra que houve mais de 50 oportunidades nas quais assistentes sociais poderiam ter intervindo na situação e retirado a criança da família, segundo o jornal britânico "Daily Mail".

Os pais de Jayden foram condenados pela morte de seu filho por terem administrado na criança a metadona, droga que havia sido receitada por médicos para os dois. O pai foi condenado a nove anos de prisão, enquanto a mãe passará quatro anos presa.

Durante a gravidez do bebê, houve suspeitas de que a mãe, Sonia Britton, injetava regularmente heroína e ingeria metadona. Houve o desenvolvimento de um plano para proteger a criança, que incluía sua remoção para um abrigo, mas isso nunca ocorreu.

Enquanto a criança crescia, Britton e o pai do menino, Jamie Green, continuaram usando heroína e metadona.

Segundo o relatório, a única forma de prevenir a morte de Jayden seria tê-lo afastado de seus pais, o que não aconteceu devido a uma falha dos serviços sociais.

O documento também revela que a criança sofreu duas lesões na cabeça ? uma quando tinha apenas 7 semanas e outra com 11 semanas. O menino também apresentou ferimentos no rosto quando tinha ente 21 e 23 meses.

Segundo exames médicos, os pais já haviam dado metadona ao bebê outras vezes antes de sua morte.

Fonte: G1