Dado como morto, avô surpreende família ao atender telefone

De acordo com a publicação, Kirschin teve que enfrentar uma verdadeira batalha para provar que estava vivo após a confusão

Uma família britânica sofreu uma mistura de choque e felicidade em poucos dias. De acordo com informações publicadas pelo Daily Mail, o Departamento de Trabalho e Pensões enviou uma carta informando sobre a morte do avô Andrew Kirchin, que estava de férias na África do Sul. No mesmo dia, outra carta, desta vez do conselho da cidade de Gravensham, no Reino Unido, informou que estava cancelando a pensão do homem, já que ele estava morto.

Chocada, a filha do sr. Kirchin, 63 anos, pegou o telefone e ligou diversas vezes para o pai – que não atendeu, aumentando a aflição. Depois de muitas tentativas, a mulher enfim conseguiu falar com o sr. Kirchin, que providenciou a volta para a casa para resolver a situação.

De volta para o Reino Unido, o homem se surpreendeu com mais uma carta dirigida à sua família, questionando se ele pagou os impostos antes de morrer. De acordo com a publicação, Kirschin teve que enfrentar uma verdadeira batalha para provar que estava vivo após a confusão.

Um porta-voz do governo pediu desculpas à família e informou que a confusão se deu por um erro administrativo.


Fonte: Terra