Declarada morte cerebral de jovem espancada na porta de boate nos EUA

A discussão que levou à morte de Kim Pham, de 23 anos, teria começado quando ela atrapalhou a foto de um grupo de pessoas, segundo uma amiga da vítima

Uma americana teve morte cerebral declarada no último sábado após ter sido espancada na porta de uma boate na Califórnia. A discussão que levou à morte de Kim Pham, de 23 anos, teria começado quando ela atrapalhou a foto de um grupo de pessoas, segundo uma amiga da vítima. A jovem apanhou de dois homens e três mulheres, e ficou inconsciente no local, em Santa Ana, na última sexta-feira. As informações são do jornal britânico Daily Mail.


Declarada morte cerebral de jovem espancada na porta de boate nos EUA

De acordo com o jornal New York Daily News, uma das suspeitas foi presa na última segunda-feira, acusada de agressão com arma letal. ?Começou com uma discussão verbal e isso cresceu para uma briga corporal. Eles bateram nela até ficasse inconsciente?, disse o delegado de Santa Ana, Anthony Bertagna, ao jornal. A polícia aponta que os suspeitos têm entre 20 e 25 anos.

Na página ?Help my friend Kim? (?Ajude minha amiga Kim?), amigos e parentes da vítima pedem ajuda para localizar os agressores. A polícia oferece uma recompensa de US$ 5 mil por informações que levem à prisão de suspeitos. A boate The Crosby, onde aconteceu a confusão, também pediu aos frequentadores para ajudarem na identificação com fotos e vídeos. O Daily Mail compartilhou um vídeo que, supostamente, mostraria o espancamento.

Segundo o jornal LA Times, a família decidiu doar os órgãos de Kim. No Facebook, sua irmã, Lisa, declarou seu amor à vítima: ?Ela realmente tem um dos maiores corações que existem. Nós continuaremos a levá-la em nossos corações e, se houver uma oportunidades, queremos reencontrá-la no paraíso?.

Fonte: Extra