Desabamento de prédio na Rússia deixa 14 desaparecidos

Desabamento de prédio na Rússia deixa 14 desaparecidos

Prédio residencial de 9 andares desmoronou; ao menos 12 ficaram feridos

Catorze pessoas estão desaparecidas e ao menos doze ficaram feridas após o desabamento nesta segunda-feira (27) de um edifício residencial na região de Astracã (sul da Rússia) depois de uma explosão de gás, indicaram fontes governamentais.

"Continuamos sem saber o que ocorreu com 14 pessoas", indicou Pavel Popov, vice-ministro russo de Situações de Emergência.

Vídeos feitos por cinegrafistas amadores mostram o momento do desabamento. As imagens foram publicadas no Youtube

Outra fonte oficial havia indicado anteriormente que onze pessoas estavam desaparecidas.

Em um comunicado, o ministério da Saúde afirmou que a queda deixou doze feridos, sete dos quais foram hospitalizados.

Entre os desaparecidos poderiam estar pessoas que entraram no edifício para ajudar os feridos pela explosão e que foram surpreendidos pelo desmoronamento dos andares superiores do bloco.

De acordo com a agência local do Ministério de Situações de Emergência, a explosão de gás ocorreu nesta segunda-feira às 9h10 GMT (6h10 de Brasília) no edifício residencial de nove andares.

As equipes de resgate se deslocaram ao local do incidente.

Já o primeiro-ministro, Vladimir Putin, ordenou a criação de uma comissão governamental para esclarecer as causas da explosão, declarou seu porta-voz, Dimitri Peskov, citado pela agência Interfax.

Segundo a agência de notícias Efe, as autoridades locais cogitam a possibilidade de o acidente ter sido provocado pelo suicídio de um morador que já tinha tentado se matar em outras ocasiões abrindo botijões de gás.





Fonte: G1