Descuido de taxista deixa criança cega e em uma cadeira de rodas

Descuido de taxista deixa criança cega e em uma cadeira de rodas

Jessica Bootes estava parada dentro do carro pelo lado direito

Um motorista de táxi, chamado Amir Azad, que deixou uma menina de quatro anos de idade em uma cadeira de rodas e cega de um olho, foi multado em apenas R$ 900. Amir bateu na traseira do carro da família e disse aos pais horrorizados: ?Acalme-se, os acidentes acontecem?.

Jessica Bootes estava parada dentro do carro pelo lado direito, quando Amir se chocou violentamente na traseira do carro de sua família, enquanto esperavam no semáforo.

O impacto arremessou a criança no banco do passageiro da frente. Apesar da gravidade do acidente, o taxista foi autorizado a manter sua licença.

Jessica perdeu o lado esquerdo de seu crânio e foi colocada em coma induzido por 11 dias, e agora esta cega de seu olho direito e não tem os movimentos de seu braço direito. Sua fala é limitada a palavras isoladas e ela só pode deixar sua cadeira de rodas com o uso de uma tala colocada na perna, feita sob medida, além de sapatos e capacete.

Criança Jessica Bootes, ficou cega e com graves sequelas após carro de sua família ser atingido na traseira por motorista de táxi

Amir, de 35 anos, de South Shields, admitiu dirigir sem o devido cuidado e atenção. Levou uma multa simples e perdeu 6 pontos em sua carteira de motorista.

s pais de Jessica, Lisa Orrock e Chris Bootes, que escaparam ilesos do acidente, disseram que a pena é totalmente inadequada e que nunca irão perdoar o motorista.

Defendendo-se Amir disse que dirige há anos e estava arrependido do descuido.

Fonte: Mirror