Deslizamentos já mataram 1.117 na China

Esperança de encontrar mais de 600 desaparecidos diminui.

Fortes chuvas atingiram novamente o noroeste da China nesta quarta-feira (11), onde temporais e deslizamentos de terra mataram ao menos 1.117 pessoas no final de semana. Com 627 desaparecidos, a esperança de encontrar sobreviventes nos escombos e lamaçal diminui a cada dia no distrito de Zhouqu, na província de Gansu.

O serviço meteorológico nacional alertou para uma chance "relativamente grande" de mais deslizamentos nos próximos dias, com o nível das chuvas podendo chegar a 90 milímetros na sexta-feira.

Nesta quarta, soldados resgataram um homem de 50 anos que ficou preso no segundo andar de um hotel, informou a agência oficial chinesa, a Xinhua. Equipes de resgate dão assistência aos sobreviventes e fornecem água potável, a maior preocupação no momento.

Fonte: g1, www.g1.com.br