Londres: Detido quarto suspeito de ligação com morte de soldado

Londres: Detido quarto suspeito de ligação com morte de soldado

Com ele já são quatro as pessoas atualmente detidas supostamente por envolvimento em um caso que gerou temor de tensões sociais.

Um homem de 22 anos foi detido neste domingo no norte de Londres por agentes antiterroristas por seu suposto envolvimento no recente assassinato do soldado britânico Lee Rigby em Londres, informou a Scotland Yard.

Em comunicado, a corporação disse que esta nova detenção foi realizada no bairro de Highbury Grove, no norte da capital, por agentes da unidade antiterrorismo com apoio de policiais armados.

Com ele já são quatro as pessoas atualmente detidas supostamente por envolvimento em um caso que gerou temor de tensões sociais. Ontem, a polícia prendeu três homens de 21, 24 e 28 anos.

Os dois supostos assassinos do soldado são Michael Adebolajo, de 28 anos, e Michael Adebowale, de 22, britânicos de origem nigeriana, que justificaram o crime em nome do islã.

Os dois permanecem sob custódia policial em dois hospitais diferentes de Londres, onde foram internados após serem feridos por disparos de agentes.

Além disso, um homem de 29 anos detido na quinta-feira passada sob suspeita de conspirar neste caso de assassinato foi posto em liberdade condicional e terá que comparecer outra vez à justiça. Duas mulheres, de 29 e 31 anos, também detidas no mesmo dia como suspeitas de participação no crime, foram liberadas sem acusações formais na sexta-feira.

Parentes do soldado assassinado visitaram hoje o lugar onde ele morreu e deixaram flores no quartel militar onde ele servia.

Fonte: UOL